Sonhos

 

Penso e sonho muitas vezes como seria bom ser diferente do que sou. Acho que esse sonhos são um reflexo daquilo que um dia gostaria de ser, mas sei que nunca vou atingir.

Sonho que sou um advogado e que todos os dias ando de fato e gravata, juntamente com uma mala de mão preta e uns sapatos bem engraxados. Vivo na grande Avenida com a minha mulher e os meus três filhos que raramente vejo por estar constantemente a trabalhar. Trabalho num enorme escritório junto do Marquês e conduzo um carro topo de gama. Não tenho paciência para transportes públicos nem para as pessoas que os usam. Levanto-me muito cedo quando tenho a oportunidade de me deitar porque se for preciso fico a noite inteira a trabalhar e no dia a seguir, por volta das nove, estou sentado na minha secretária. O telemóvel não pára de tocar e a quantidade de idiomas que sou capaz de falar vão para além do português. Saio todos os dias muito depois do sol se pôr e a única oportunidade que tenho para ver os meus filhos é quando já estão a dormir.

Acordo. Sobressaltado com este pesadelo. Não gostava de viver assim. Sem tempo para nada nem para ninguém. Admiro as pessoas que são assim, mas era incapaz de o ser. Imagino o quão cansativo será e ponho de parte esta ideia. Não passa de um sonho, nunca passará disso. Mesmo que quisesse, não iria ter paciência para o executar…

António

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s