Hacksaw Ridge (2016)

O Herói de Hacksaw Ridge

hacksaw

Storyline:

Mel Gibson voltou à produção cinematográfica e este ano com o filme intitulado de O Herói de Hacksaw Ridge. Este filme documenta a verdadeira história de Desmond Doss (Andrew Garfield), um jovem americano que se alistou na guerra de Okinawa, mas que se recusava em agarrar qualquer tipo de arma.

hacksaw-ridge-andrew-garfield hack-5hack-1

Desmond vivia na Virginia com o seu irmão, o pai e a mãe, no seio de uma família muito religiosa. O pai, Tom Doss (Hugo Weaving) era alcóolico e, influenciado por esta condição, acabava por bater na mulher Bertha (Rachel Griffiths). Desmond e o irmão assistiam às discussões constantes dos pais e desde o dia em que Desmond pegou numa pistola para quase matar o próprio pai (em defesa da mãe), nunca mais voltou a tocar em armas. Quando Desmond decidiu que queria ir para a guerra, para defender o seu país, decidiu que o faria como socorrista e não como militar. Contudo, quando chegou ao treino do exército foi humilhado e ridicularizado pela posição que assumia. Ninguém acreditava que este jovem conseguisse fazer algo útil na guerra e o chefe dos soldados tentou por diversas vezes arranjar “desculpas” para que Desmond fosse para casa, para que não incomodasse os outros soldados. A única pessoa que acreditava verdadeiramente no potencial deste jovem era a sua mulher Dorothy (Teresa Palmer). Desmond entrou na guerra e conseguiu salvar mais de 70 soldados, sem nunca ter pegado numa arma e sempre acreditando nas suas convicções. Por isso, recebeu uma medalha de honra na Segunda Guerra Mundial por ser um chamado “soldado de consciência”.

hack3
Desmond Doss a receber a medalha de Honra

Opinião:

Normalmente, não escolheria um filme de guerra e ação para ver no cinema. Contudo, depois de ter ouvido muito boas críticas sobre este filme, decidi arriscar. E não me arrependo.

A dimensão quase melodramática e a ação conjugam-se de forma perfeita neste filme de Mel Gibson. Enquanto que a primeira parte do filme é maioritariamente ocupada pela história dramática e romântica da vida de Desmond, a segunda parte do filme remete no total à guerra e esta comunhão é feita de forma exemplar. É incrível perceber como é que alguém como Desmond Doss conseguiu ser tão corajoso e nunca deixou que a opinião dos outros influenciasse as suas convicções. A forma como esta personagem sofre e sente a guerra de forma diferente da normal é narrada de forma impressionante e leva o próprio espectador a questionar-se sobre alguns ideais “pré-estabelecidos”. As cenas da guerra foram aquelas que mais me impressionaram pelo realismo e ação que continham. Os planos dos soldados feridos, do ataque pelos japoneses e pela força de vontade da personagem principal foram perfeitamente captados fazendo com que parecesse que eu estava lá no terreno a ver tudo o que se passava. É também impressionante perceber como é que é estar na guerra e perceber a quantidade de soldados que dão a vida pela própria nação. Sendo eu católica, uma das características que mais me tocou na personagem de Desmond Doss foi a sua crença em Deus e a forma como este soldado recorria sempre a Deus para arranjar forças para conseguir salvar mais um colega, mesmo que estivesse exausto e completamente perturbado psicologicamente.

Penso que este filme é um ótimo candidato à nomeação de Melhor Filme por parte da Academia dos Óscares e deve ser reconhecido pela sua qualidade. Penso que vê-lo em casa não produz o mesmo efeito que vê-lo numa tela de cinema e, por isso, recomendo que se gaste dinheiro num bilhete porque compensa verdadeiramente.

Finamente, Gibson conseguiu produzir um filme sobre a família, fé, amor e o perdão que foram postos em prova numa arena de guerra e destruição.

Aqui encontra-se o trailer oficial do filme: https://www.youtube.com/watch?v=s2-1hz1juBI

Joana Simões

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s